Wednesday, July 05, 2006

Projeto de informatica aplicado as necessidades especiais mentais





Natureza, informática e deficiência mental.







Continuar:


Tema

Natureza , informática e Deficiência Mental.



Justificativa

Justifica-se a implantação deste projeto, o desejo e a necessidade de utilizar a informática como estratégia pedagógica no ensino da natureza para os portadores de deficiência mental.
A importância social deste trabalho, reside no fato deste privilegiar o uso do computador como suporte educacional na inclusão destes deficientes no contexto escolar, ensinando-os com ludicidade e sensibilidade a cerca desse conteúdo.
A utilização da informática ajudará no processo de ensino e aprendizagem da criança com deficiência mental, de forma construtiva e criativa favorecendo o seu desenvolvimento global.


Objetivo Geral

Utilizar a informática como recurso pedagógico na aprendizagem da natureza, desenvolvendo nos portadores de necessidades especiais “mentais” a criatividade e autonomia no contexto escolar partindo do princípio que toda criança aprende independentemente das limitações impostas pela deficiência.

Objetivos Específicos

· Desenvolver capacidade de interpretação associação e raciocínio lógico.
· Promover com eficácia a aprendizagem e a construção de conhecimentos dos educandos.
· Desenvolver habilidades manuais e coordenação motora.
· Fazer com que o aluno adquira auto-estima e sejam capazes de pensar de forma autônoma.

Metodologia

A metodologia a ser empregada neste projeto, será apresentada em quatro bases: No pensar, no sentir, no tocar e no fazer de modo criativo e significativo.
Sendo desenvolvida através de atividades lúdicas usando o computador como ferramenta interativa no processo de aquisição da aprendizagem. Sua elaboração foi baseada em Vigotsky, pois as ações propostas foram pensadas, tendo em vista que cada aluno participe ativamente da sua cultura e da sua história, modificando-se e provocando transformações nos demais sujeitos com que ele interage.

Recursos

Os recursos pedagógicos serão trabalhados de forma a proporcionar o desenvolvimento cognitivo. E estes são:
· Alunos e professores
· Softwares e Hardwares
· Espaço físico adequado.
E serão desenvolvidos nas seguintes atividades:
1. Momento:
Conhecendo a máquina e o seu manuseio.
2. Momento:
Ter contato com figuras relacionadas a natureza (arvores, animais, plantas ...)
3. Momento:
Serão apresentados os Softwares com imagens e figuras, neste momento o professor será o mediador.
4. Momento:
Autonomia – o educando classificará as figuras fazendo associações com independência.
5. Momentos:
Criatividade - a criança utilizando o Paint irá tentar reproduzir as imagens que interagiu.

Avaliação
Processual – através de observações após cada atividade proposta.
Referência Bibliográfica

Edler Carvalho, Rosita.A Nova LDB e a Educação Especial. Rio de Janeiro. W.V.A, 1997.
Ferreira, J. B.A Nova LDB e as Necessidades Especiais. Mimeo.São Paulo,1997.
Rego,Tereza Cristina.Vygotsky: Uma perspectiva histórico cultural da educação.Petrópolis - Rio de Janeiro.Vozes, 1995.
Valente, J.A.Diferentes usos do computador na educação.Campinas –São Paulo.Gráfica da Unicamp, 1993.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home